Mensagens

A mostrar mensagens de Abril, 2015

Crueldade humana...

... Ler notícias de manhã cujo título é: "Estado Islâmico prepara-se para queimar vivas 25 crianças" é avassalador. 

Sim. 
Crianças.
Um profundo silêncio abalou-me.  Como é que isto é possível? Como pode ser tão cruel o ser humano a este ponto?
Continuamos a cometer os mesmos erros do passado... Quando pensamos que a humanidade não é capaz de ser pior e mais cruel, surgem notícias destas. Se com adultos é uma crueldade inexplicável, com crianças não tenho sequer descrição possível para tamanha cobardia.

...do amor.

Imagem
Ontem estive numa formação de animadores organizada pelo SDPJ Coimbra e foi um dia daqueles em que vale mesmo a pena sair de casa... gostei muito de todas as dinâmicas, mas a última deixou-me a pensar. Deixou-nos a pensar.  O que é a afinal o amor? Como o manifestamos? Podemos viver sem ele? Como vamos ao encontro do outro? Como amar e ser amado? O amor dura para sempre?  Muitas foram as perguntas, e muitas foram as respostas possíveis. Alguém dizia que o amor sente-se. Mas o amor também se vive, vive-se em conjunto. Só quando é partilhado é que o amor faz sentido.  Alguém muito importante para mim disse-me num dia muito especial que "o amor não se procura, encontra-se"... e eu quero ir ao encontro do amor, assim ele queira vir ao meu encontro. Deixo-vos também a frase que o meu grupo criou com as palavras que cada um escolheu... 
"Na persistência do encontro partilhamos a plenitude da vida"

Muitas vezes deixa-mo-nos levar pelo comodismo, não nos esforçamos, acham…

Saber esperar.

Imagem

Acredito muito nisto.

Imagem

Comer, Orar e Amar

Imagem
O título pode parecer um pouco cliché, mas foi basicamente isto que fiz nestes últimos dias... Comi, fui obrigada a mudar ainda mais radicalmente a minha alimentação durante a semana e dizer adeus ao gluten. Orei, com amigos numa oração que preparei para nos juntarmos de novo, pós-Taizé. E amei, amei a vida como só quem se sente bem com ela pode estar... foi um regresso à rotina bom, cansativo, mas gratificante... vão ser semanas árduas até Junho, mas vai ser sem dúvida enriquecedor a vários níveis e com os vários desafios que vou tendo, que vou encontrando e que me vou propondo.  É bom viver. É bom comer. É bom orar. É bom amar.  Sejam felizes! Bom fim-de-semana!*
P.S. Já agora, se tiverem oportunidade de ler o livro Comer, Orar e Amar leiam, vale a pena e vale a pena ler antes de ver o filme, mas se já viram leiam na mesma! 

Santa Páscoa

Imagem

Férias?!

Esta semana há interrupção lectiva... será que posso chamar férias a isto?
Não sei.  Sei que fiz planos para: ...cozinhar mais e experimentar receitas novas: cumprido. ...fazer caminhadas: fiz duas, 6km cada uma, já não é mau. ...dormir e descansar mais: tenho dormido até demais, mas isso são as saudades que tinha da minha cama. ...estudar e ler: ainda não consegui.  ...ir ler numa esplanada ao sol e matar as saudades da praia: já fui à praia mas ainda não me sentei sequer. ...comer poucas amêndoas: incrivelmente ainda não comi nenhuma, mas ando a controlar-me para não passar as tardes a fazer bolos.
...e é isto! Acho que ainda tenho uns dias para tentar cumprir os planos, porque depois avizinham-se dois meses caóticos e cheios de trabalhinho!!!