Resumo de uma das melhores semanas da minha vida...

... que foi a semana de recepção do caloiro. 
Não sou uma caloira diferente das outras, mas sou uma caloira com algum passado porque entro na Escola Superior de Educação de Coimbra com 22 anos, e depois de já ter estado 4 anos em Lisboa a estudar. A estudar numa escola que fez de mim muito daquilo que sou hoje, uma escola que me formou como ser humano mas também como ser pensante e ser artístico. Essa escola tem um nome e é Escola de Música do Conservatório Nacional. Foi lá que conheci uma das minhas melhores amigas e das pessoas que quero ter para sempre comigo ao longo da vida, mas também foi lá que tive uma professora espectacular que para além de minha professora de canto foi minha amiga. Nunca esquecerei tudo o que lá vivi, nunca esquecerei o ambiente musical e artístico que se sente em cada recanto, em cada sala, em cada parede... ali, respira-se música por todos os poros! É impossível ficar indiferente a tudo o que se passa por todos aqueles corredores, e é impossível ficar indiferente à arte. Acima de tudo eu aprendi que cantar bem não chega, que mais do que cantar bem é preciso ter alma quando o fazemos, que é preciso transmitir algo para quem nos ouve, é preciso tocar no mais intimo de cada pessoa que nos escuta. Não quero deixar de mencionar também a Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, porque também lá estive quase 2 anos, no curso de Estudos Artísticos e onde também fiz alguns amigos, mas sobretudo onde tive uma madrinha de curso que levo para sempre no meu coração.
Mas...
a partir do dia 20 deste mês, tudo mudou. Foi o dia da mudança para uma nova cidade, a cidade pela qual me quero apaixonar ainda mais do que já estou, a cidade que quero honrar por ser a cidade dos estudantes. Apesar de já ter sido caloira, devo dizer que a semana passada foi fantástica. Na ESEC não há praxe de humilhação, na ESEC há praxe de integração e por isso é que foi uma semana tão intensa, que passou a correr, que nem me deu tempo para parar e pensar em tudo o que estava a viver, mas que acima de tudo me deu ferramentas para ser uma boa doutora no próximo ano. 
Estou realmente feliz pelo curso, pela escola e pela residência que escolhi. 

GLÓRIA, GLÓRIA À ESEC, GLÓRIA, GLÓRIA À ESEC, GLÓRIA GLÓRIA À ESEC... E SER CALOIRO É BOOOOM :)


Comentários

  1. Já percebi que estás a adorar esta nova fase da tua vida e a aproveitar cada segundo com muita intensidade. Espero que assim continue e que sejas muito feliz em Coimbra ;)

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

... uma história bonita tem sempre pessoas reais

Festival da Canção, a minha crónica