Quarta foi dia de praxe à moda da casa, e que praxe!


Na quarta-feira passada tive provavelmente a melhor noite da minha vida e das experiências mais fabulosas e enriquecedoras que já experienciei ao longo da mesma. Poderei ter muitas mais, e assim espero, mas com certeza esta nunca esquecerei. 
Quero agradecer àquelas que já considero as minhas manas de Coimbra, às Irmãs Doroteias e à Guida por organizarem algo tão belo. Todas as actividades, jantar e presentes foram fabulosos mas o culminar da noite às 12 badaladas quando começámos a ouvir cantar e nos abrem a janela foi mesmo inesperado... Obrigada Tuna de Medicina da Universidade de Coimbra.
Quero agradecer também a Deus por ter colocado no meu caminho pessoas maravilhosas como vocês. Posso afirmar que desde que aqui estou nunca tive saudades de casa e isso só quer dizer que aqui encontrei uma verdadeira família. Não há mais nada que possa dizer se não um OBRIGADA RESDOROTEIAS :) 
Não posso contar muito mais do que se passou nesta noite de praxe à moda da casa, porque são coisas que apenas devem ser guardadas na nossa memória, mas também porque não sei quem virá para cá para o ano e corria o risco de descobrirem o que se iria passar... Posso dizer apenas que estou muito muito feliz e que a minha vida para Coimbra foi como oxigénio para mim. Voltei a ser a Cátia que gosto de ser e precisava muito deste oxigénio depois do ano cheio de contrariedades que tive.
Deixo-vos esta foto com uma frase que li de Santo Agostinho, esse homem sábio e um autêntico génio das palavras... Não podia ter mais razão, esta frase diz tudo o que penso. 
Resto de bom fim-de-semana, aproveitem para estar com a família! 
Bom domingo :)


Comentários

Mensagens populares deste blogue

... uma história bonita tem sempre pessoas reais

Festival da Canção, a minha crónica